Sobre o autor

Thaís Ferreira

Redatora especialista na área da saúde e bem-estar.

Identificando os estágios iniciais da queda de cabelo em homens

A queda de cabelo em homens é causada por diferentes fatores – mas, estatisticamente, o fator mais comum, de longe, é a genética. Na verdade, mais de dois terços de todos os homens lidarão com os sintomas da queda de cabelo em algum momento de suas vidas. 

Reconhecer isso é fundamental: quando você identifica as marcas de perda de cabelo masculino, pode procurar tratamento e, quanto mais cedo o fizer, maior será a probabilidade de o tratamento surtir efeito.

Nesta postagem, vamos falar sobre alguns dos sinais comuns da queda de cabelo masculino.

 O que causa queda de cabelo em homens?

Os cientistas geralmente acreditam que a perda de cabelo masculino  é determinada pela genética. Alguns homens verão os sintomas desde os 20 anos, embora a maioria dos casos de alopecia androgenética  se manifeste entre 25 e 35; durante esta fase da vida, dois em cada cinco homens começarão a notar alguma calvície.

Estar ciente do padrão particular dessa condição de perda de cabelo é o primeiro passo para obter o tratamento.

Leia: 5 fatores que causam a queda de cabelo masculino

Dissipando mitos sobre queda de cabelo masculino

Antes de chegarmos aos sinais de queda de cabelo masculino, é importante dissipar alguns equívocos.

Com o início da alopecia androgenética (nome científico dado para a queda genética) é possível observar um aumento da queda de cabelo. Normalmente, você perderá cerca de 100 fios de cabelo por dia, mas se vir muito mais queda do que isso, pode ser um sinal de um tipo diferente de queda de cabelo ou pode ser o início da alopecia androgenética. Portanto, se o cabelo estiver caindo em “tufos”, você deve consultar um especialista. 

O que é importante notar é que a perda de cabelo masculino por alopecia não tem nada a ver com queda. Na verdade, a queda é uma parte normal e natural do processo de crescimento do cabelo, pois os fios velhos caem para dar lugar a novos. 

A queda de cabelo por alopecia androgenética, envolve um processo de miniaturização dos folículos capilares e, em última análise, a incapacidade de fazer crescer cabelo novo – mas encontrar cabelos perdidos no travesseiro ou na escova de cabelo não é em si problemático, nem é, necessariamente, um sinal da condição.

Quanto à perda de cabelo em tufos, isso certamente é algo para se preocupar, e recomendamos buscar um diagnóstico imediatamente – mas isso não é consistente com os sinais de alopecia androgenética. Em outras palavras, esse é o sintoma de alguma outra condição de perda de cabelo.

Identificação de queda de cabelo por alopecia 

Normalmente começa com uma retirada gradual do cabelo da testa – resultando em uma linha de cabelo em forma de M. A partir daí, a maioria dos homens experimentará queda de cabelo na coroa, levando a uma careca. Esta careca vai se espalhar e, eventualmente, deixar o cabelo apenas nas laterais e na parte de trás da cabeça.

Existem alguns casos que divergem desse padrão – mas, de modo geral, esses são os sinais e sintomas que você deve procurar.

Respondendo à perda de cabelo por alopecia androgenética

Esteja ciente desses sinais, sintomas e desse padrão básico. Se você começar a ter queda de cabelo em torno da linha do cabelo, é uma boa indicação de que você tem alopecia androgenética.

Por outro lado, se você está perdendo cabelo na parte de trás ou na lateral da cabeça ou tem muita coceira e ardor, isso pode indicar um diagnóstico totalmente diferente. Para ter certeza, recomendamos a avaliação tricológica.

Com um diagnóstico específico, podemos recomendar um tratamento. Isso pode envolver uso de dispositivos de LEDterapia, soluções tópicas ou algo totalmente diferente. Lembre-se de que o tratamento precoce é fundamental – portanto, não demore para fazer sua avaliação com o dermatologista. 

Leia também: 9 tratamentos para queda de cabelo masculino

Como a alopecia androgenética é um processo de miniaturização, quando os folículos capilares são apenas parcialmente miniaturizados, vários tratamentos médicos podem ser eficazes. No entanto, uma vez que os folículos capilares estão severamente miniaturizados, os tratamentos médicos são limitados.

RECEBA OFERTAS E NOVIDADES DA CAPELLUX POR E-MAIL

Inscreva-se e receba notícias e ofertas exclusivas.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *