Sobre o autor

Thaís Ferreira

Redatora especialista na área da saúde e bem-estar.

Como lidar com a queda de cabelo por quimioterapia?

Alguns dos efeitos colaterais mais difíceis dos tratamentos contra o câncer podem não causar dor física. Eles podem não causar fadiga ou problemas digestivos. E eles podem ser apenas temporários. Mas, para alguns pacientes com câncer, a queda de cabelo pode ser um dos efeitos colaterais mais angustiantes do tratamento do câncer.

A perda de cabelo ou alopecia pode fazer você se sentir vulnerável, constrangido e exposto como um “paciente com câncer”. A perda de cabelo também é um sinal tangível de que sua vida mudou, o que pode desencadear sentimentos de raiva e depressão. E você pode se deparar com perguntas de outras pessoas para as quais ainda não está preparado.

Para alguns, a ameaça de queda de cabelo pode intensificar a falta de controle que você pode sentir após o diagnóstico de câncer . Mas também apresenta uma oportunidade de se preparar emocionalmente para a perda de cabelo e tomar medidas para lidar com isso antes que aconteça. Isso ajuda a entender por que o cabelo cai e como lidar com isso se ocorrer.

Quimioterapia cai o cabelo? Entenda o que acontece com os fios durante o tratamento

Como lidar com a queda de cabelo por quimioterapia?

Quando você está lutando contra o câncer, os tratamentos e os desafios que vêm com o diagnóstico, pode ser difícil se ajustar à perda de cabelo e outras mudanças em seu corpo e aparência. 

Mas existem maneiras de se preparar e lidar com a queda de cabelo quando ela ocorre. Aqui estão 12 maneiras de ajudar a lidar com a queda de cabelo relacionada ao câncer:

1- Dê a si mesma tempo

Perder o cabelo pode ser difícil de aceitar. Pode levar algum tempo para você se ajustar à sua aparência e, então, mais tempo para você se sentir bem consigo mesmo novamente. É normal ficar chateada. Ao mesmo tempo, entenda que a perda do cabelo é geralmente temporária e que o cabelo voltará a crescer após a conclusão do tratamento.

2- Lembre-se de que você ainda é você

Perder o cabelo e experimentar outras mudanças físicas provocadas pelo câncer e seu tratamento pode ser um choque. 

Pode ser desorientador olhar no espelho e não se reconhecer. Lembre-se de que você ainda é a mesma pessoa por dentro. Tente celebrar quem você é e concentre-se nessas qualidades.

3- Prepare-se com antecedência para mudanças de cabelo

Antes de iniciar o tratamento do câncer, prepare-se com antecedência para as mudanças em seu cabelo. Converse com seu médico sobre o que esperar. Isso irá ajudar a pensar sobre como você reagirá às reações dos outros.

4- Considere coberturas para a cabeça

Se você decidir comprar uma peruca, lace  ou outra cobertura para a cabeça (por exemplo, turbantes, bonés, chapéus, bandagens para a cabeça), faça-o antes que ocorra a queda de cabelo. 

Se você comprar uma peruca, encontre uma loja especializada que combine com a cor e a textura naturais do seu cabelo e faça o estilo com antecedência.

5- Corte o cabelo curto antes do tratamento

Antes de começar o tratamento do câncer, considere fazer um penteado curto, especialmente se você tiver cabelo comprido. 

Quando o cabelo começa a cair, pode não ser tão surpreendente ou angustiante se o seu cabelo já for curto. Cortar o cabelo também pode ajudá-la a sentir que está assumindo o controle. 

Algumas pessoas raspam a cabeça quando o cabelo começa a cair para evitar irritação ou coceira no couro cabeludo.

6- Seja gentil com seu cabelo

Use uma escova de cabelo com cerdas macias ou um pente de dentes largos e um shampoo suave. Tome especial cuidado com o couro cabeludo, que pode ficar seco e com coceira. Seque suavemente o cabelo com uma toalha macia. 

Limite o uso de grampos de cabelo, presilhas, elásticos e alfinetes que puxam seu cabelo. À medida que o cabelo novo cresce, ele pode ficar quebradiço e delicado e também precisa de cuidados especiais.

7- Evite coisas que podem irritar o couro cabeludo

Calor e produtos químicos podem causar a queda do cabelo. Evite colorir, usar permanentes e / ou relaxar os cabelos. 

Além disso, evite usar babyliss, secador de cabelo ou chapinha. Fique longe de produtos químicos com álcool, mentol, etc., que podem ressecar o cabelo e irritar o couro cabeludo. Use um shampoo suave, com ativos naturais em sua formulação.

8– Proteja sua cabeça

Use uma touca para o cabelo à noite ou durma em uma fronha de cetim, para evitar que o cabelo fique bagunçado. 

Quando estiver ao sol, use protetor solar para proteger o couro cabeludo, pois as queimaduras solares podem causar mais coceira, descamação e pele seca. 

No tempo frio, use um chapéu ou lenço ao ar livre para proteger a cabeça.

9- Enfatize seus recursos

Experimente maneiras de melhorar sua aparência para que você possa se sentir bem consigo mesmo. 

Obtenha novas maquiagens e roupas para acentuar seus outros recursos. Cuide de sua pele e unhas. 

Se suas sobrancelhas e cílios começarem a cair, escolha lápis e delineadores de sobrancelha da mesma cor da sua cor natural ou um tom mais claro.

10 – Mime-se 

Reserve um tempo para fazer algo prazeroso para afastar sua mente do diagnóstico. 

Assista a um filme, leia, dê um passeio, ouça música, faça uma manicure, pedicure, tratamento facial ou massagem. Experimente estratégias de saúde comportamental, como técnicas de relaxamento, respiração profunda e meditação.

11- Mantenha um estilo de vida saudável

 Seguir uma dieta saudável, manter-se hidratada e praticar exercícios regularmente são importantes para ter uma aparência e se sentir melhor consigo mesma. 

Converse com seu médico sobre como fazer escolhas de estilo de vida saudáveis. Um nutricionista pode ajudar a desenvolver um plano de refeições nutritivas e um terapeuta de reabilitação pode ajudar a desenvolver um plano de exercícios personalizados para você.

12 – Construa um sistema de apoio

Compartilhe os desafios da queda de cabelo com amigos e familiares. Além disso, um grupo de apoio ao câncer é uma ótima maneira de conhecer outras pessoas que estão lidando com a perda de cabelo. 

Nesse cenário, você pode obter ideias e conselhos sobre como outras pessoas lidaram com as mudanças em sua aparência. Pode ser bom, também, fazer terapia com um psicólogo. 

RECEBA OFERTAS E NOVIDADES DA CAPELLUX POR E-MAIL

Inscreva-se e receba notícias e ofertas exclusivas.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *