Sobre o autor

Dra. Leticia Contin (CRM-SP 126893)

Médica pela Universidade Federal do Paraná, com especialidade em dermatologia pela Fundação de Medicina do ABC. Fellow pela Universidade de Ludwig Maximilians-Alemanha.

Hábito de arrancar os fios? Saiba o que é a tricotilomania!

Tricotilomania: o que é

Muitas pessoas podem se identificar com a frustração de ter um “dia de cabelo ruim”. Essa sensação de ansiedade pode ser suficiente para te dar vontade de arrancar os cabelos! No entanto, infelizmente para alguns, o desejo de arrancar os próprios cabelos é uma batalha muito real que enfrentam todos os dias, chamada de tricotilomania.

O que é tricotilomania? 

A tricotilomania (também conhecida como arrancar os cabelos compulsivamente) é uma condição na qual as pessoas sentem uma forte necessidade recorrente de arrancar os próprios cabelos.

Quem tem tricotilomania?

Esse problema pode afetar homens e mulheres de qualquer idade, mas é mais comum em crianças do que em adultos. O pico de início geralmente ocorre nos anos pré-escolares e também no início da adolescência, geralmente por volta da puberdade.

Quais são os sinais e sintomas?

  • Arrancamento repetitivo de cabelo;
  • Satisfação de puxar cabelo;
  • Incapacidade de controlar a vontade de puxar o cabelo;
  • Ansiedade e estresse;
  • Contar, torcer, comer cabelo (em algumas pessoas);
  • Irritação no couro cabeludo nos locais onde o cabelo é puxado;
  • Calvície e queda de cabelo.

Pessoas com essa condição geralmente puxam do couro cabeludo, sobrancelhas ou cílios, embora possa afetar outras partes do corpo e os locais podem variar com o tempo.

A sensação de arrancar cada fio de cabelo não é dolorosa, mas traz uma profunda sensação de satisfação e alívio que pode acalmar temporariamente emoções negativas, como estresse, ansiedade, solidão, fadiga ou frustração. Infelizmente, essa gratificação costuma durar pouco e o desejo de puxar volta rapidamente.

Pessoas com tricotilomania muitas vezes sentem-se incapazes de parar, resultando em ‘sessões de puxar’ prolongadas e compulsivas que podem durar horas.

O que causa a tricotilomania?

A causa exata da tricotilomania ainda permanece amplamente desconhecida. Porém:

  • Existe uma possível tendência genética para a tricotilomania;
  • A tricotilomania frequentemente surge em indivíduos com transtorno obsessivo – compulsivo;
  • Pode se desenvolver como um mecanismo de enfrentamento desencadeado por estresse ou ansiedade;
  • É comumente associada a outros comportamentos repetitivos focados no corpo, como roer as unhas, cutucar a pele , acne, morder os lábios e mastigar bochechas;
  • Fatores neurológicos podem estar envolvidos.

Tratamentos

Puxar continuamente pode causar pele dolorida ou irritada e manchas calvas. Se a tricotilomania não for tratada, pode causar danos permanentes à pele e aos folículos capilares da área afetada.

O tratamento para o transtorno de puxar os cabelos pode envolver psicoterapia, terapia cognitivo-comportamental (TCC) ou uso de medicamentos para controlar problemas relacionados, como ansiedade e depressão.

Por isso, é muito importante consultar um especialista da área, para que o tratamento adequado seja realizado.

Você ainda tem alguma dúvida sobre o tema? Deixe seu comentário. 

RECEBA OFERTAS E NOVIDADES DA CAPELLUX POR E-MAIL

Inscreva-se e receba notícias e ofertas exclusivas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *