Queda de cabelo na menopausa: Como tratar

queda de cabelo na menopausa

A queda de cabelo na menopausa começa por volta dos 45 anos, quando os hormônios femininos começam a diminuir. Essa redução leva a várias alterações no corpo da mulher. Uma delas é a perda progressiva da qualidade dos cabelos. Em algumas de nós, esse processo começa mais cedo, em outras mais tarde, mas, a grande maioria acaba passando por essa fase, que pode ser um pouco incômoda.

Depois dos 50 anos, os fios vão ficando mais finos, mais fracos, começam a perder o brilho, o volume, vão crescendo mais lentamente e caem antes de atingir o auge da beleza. Isso tudo acontece pela queda considerável dos hormônios estrogênios. Ainda temos que considerar os diversos tipos de química que agridem os fios.

gráfico da queda de estrogênio com a idade

Se você só tem esse problema, denominado alopécia senil pelos entendidos, agradeça! Porque existe ainda a alopécia androgenética, que pode ser um quadro ainda mais complicado, sendo o tipo de queda que afeta mais os homens, mas as mulheres também podem sofrer com ela.

queda de cabelo na menopausa imagem 2

Queda de cabelo feminino aos 50 anos

Conversando mais detalhadamente, essa perda das características dos fios ou essa queda de cabelo na menopausa, se deve ao fato do estrógeno ser um hormônio com características anabolizantes, ou seja, ele aumenta a produtividade de algumas células. As células do folículo piloso, que fabricam o pelo, respondem muito bem ao estrógeno. É como se fosse um adubo para os cabelos, e, sabemos que quando não adubamos, as plantas morrem ou ficam muito fracas. Eu sei o que você está pensando… É isso mesmo! Envelhecer é difícil, mas é só mais uma das fases da vida!

Como recuperar os cabelos na menopausa

Existem várias alternativas para dar uma mãozinha quando o assunto é queda de cabelo na menopausa. Os tratamentos mais comuns envolvem o uso de tônicos antiquedashampoos antiqueda, reposição oral de algumas vitaminas, minerais e uso de alguns aparelhos certificados com a tecnologia da LEDterapia. Se seu caso for muito severo, vale a pena consultar uma dermatologista que, com certeza vai acrescentar alguns tratamentos contra queda de cabelos na clínica. Vamos falar um pouco sobre esses produtos e para você ter uma visão geral de como funcionam os diversos tratamentos.

Produtos para cabelos durante a menopausa

Nessa fase da vida, as características físico-químicas e necessidades nutricionais dos cabelos são diferentes. Por isso, você vai ver que os produtos também são. 

Os shampoos, condicionadores e hidratantes capilares de todas as marcas comerciais que se dedicam ao tratamento dos cabelos em envelhecimento, contêm concentrações maiores de componentes hidratantes, óleos essenciais, algumas vitaminas e fortalecedores dos fios. Se for fazer o uso desses dermocosméticos, prefira uma marca conceituada ou indicada por um profissional de sua confiança.

Insista em produtos que especifiquem no rótulo: tratamento para cabelos envelhecidos, menopausa, cabelos brancos, etc. A ANVISA exige comprovação de eficácia para que o rótulo contenha essas indicações, então você pode confiar.. 

Os multivitamínicos para a terceira idade também ajudam bastante. Alguns deles são mais indicados para a pele, unhas e cabelos (hair, skin and nails). Aqui também vale a regra de ficar atento à  indicação no rótulo. 

As loções anti queda para o couro cabeludo mais usadas são as que contém minoxidil. Esse medicamento é indicado para a queda do cabelo masculino e feminino. Normalmente, são comercializada entre 2 e 5% nos produtos. Existem outras fórmulas feitas com extratos vegetais combinados com os mesmos ingredientes dos shampoos. Como as concentrações de produtos são maiores e ficam mais tempo em contato com o couro cabeludo, prometem um efeito maior. 

LEDterapia no tratamento da queda de cabelo

Uma opção muito interessante e que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado, é a LEDterapia. Essa tecnologia vem se tornando uma tendência mundial nos tratamentos de diversos problemas capilares. A descrição científica constata que a radiação emitida por esses bonés e capacetes de LEDs estimulam as células tronco do folículo piloso e os fios voltam a crescer plenamente, se o uso for contínuo e regrado. Há muitos relatos técnicos e científicos mostrando os resultados de sucesso desse tipo de tratamento. 

Ótimas opções para quem quiser investir nesse tipo de tratamento, são o Boné de LED e o Capacete I9, ambos certificados pela ANVISA e com ótimos resultados de pacientes. Você pode adquiri-los facilmente pela internet. Se você tiver interesse e quiser saber mais, é só procurar saber mais sobre LEDterapia para queda de cabelos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *